Estratégias de inovação: case Carrefour

Sumário

“Se você quer ser empreendedor ou intraempreendedor, assuma o protagonismo pela sua ideia e leve ela adiante, não delegue sua ideia a alguém.”


No episódio #13 do CorpUp Talks, tivemos o prazer de conversar sobre estratégias de inovação com Charles Schweitzer – Head de Inovação do Banco Carrefour e também professor de inovação, futuro e tendências na Inova Business school.

Charles, que é pai de 3 filhos, tem orgulho de ser um agente facilitador de inovação e nos conta um pouco de sua experiência; aprendizados, erros e acertos, com os projetos de inovação realizados na Leroy Merlin, onde trabalhou por 11 anos e no Banco Carrefour, onde está desde 2019.

Fala sobre estratégias de inovação,  inovação aberta e empreendedorismo, e como um planejamento estratégico que integra todos os colaboradores, trás um ganho gigantesco em engajamento e sensação de  pertencimento com a cultura de inovação nas empresas. 

 

Charles também reforça a importância dos tipos de inovação incremental e disruptiva, declara que as duas têm a mesma importância, mas temos tendência a valorizar apenas a disruptiva. E afirma que melhoria é inovação e inovação pode ser para o mundo, país, mercado, seu segmento ou sua empresa.

Com uma história que tem seu início ao final da 1ª Guerra Mundial, a Leroy Merlin já dava seus primeiros passos no caminho da inovação quando, em 1966, inaugurou a primeira loja da marca e levou aos clientes o sistema de autosserviço, modelo de comércio onde o cliente realiza o processo de compras sozinho. A empresa chegou ao Brasil em 1997 e abriu sua primeira loja da rede em São Paulo, no ano de 1998.

Charles iniciou seu trabalho na Leroy Merlin em 2008, com a função de desenvolver a área de inteligência de mercado dentro do setor de marketing. Em 2010 a Leroy Merlin no Brasil, inicia o trabalho de planejar o futuro, criar a visão 2020 da empresa, e a partir desse projeto, Charles começa a deixar a área de inteligência de mercado para assumir esse planejamento estratégico. A partir de 2012, ele e sua equipe começam a trabalhar efetivamente na construção da estratégia de inovação da empresa. 

Charles conta que o processo de inovação na Leroy Merlin, foi implantado seguindo a metodologia bottom-up, que integra todos os colaboradores da empresa, não apenas as lideranças.

Apesar de fazerem parte de segmentos diferentes – varejo e financeiro – Charles pode concluir que grande parte das estratégias de inovação pode ser usada nas duas empresas, fazendo as devidas modificações para se adequarem às especificidades de cada uma.

Hoje o Banco Carrefour trabalha principalmente com inovações que são desenvolvidas em cocriação com startups, que surgem a partir de ideias compartilhadas por funcionários e que acabam melhorando tanto o produto quanto o relacionamento com os clientes.

Charles tem como missão, fazer com que o banco Carrefour seja percebido como uma empresa inovadora, não apenas pelo que faz relacionado a produtos ou forma como se relaciona com os clientes, mas também para todo o ecossistema de startups, que pode perceber no banco uma porta aberta a fazer relacionamento e também a todos os talentos que eventualmente queiram trabalhar em uma empresa que respira inovação no seu dia a dia.

Acompanhe este podcast e entenda como é importante ficar atento às tendências no processo de inovação: mapear que tendências afetam o seu negócio, ideias que afetam a sociedade e a partir disso, testar o uso das tecnologias emergentes.

E por fim, conheça o CSF Lab – Iniciativa de inovação do Banco Carrefour para trabalhar desenvolvimento, conexão com startups e aceleração de negócios, um espaço aberto para discutir e fazer a inovação acontecer.


Quer conversar com um consultor da Semente  e entender como trabalhar inovação na sua empresa? Preencha o formulário abaixo com os seus dados para que um consultor entre em contato e continue nos acompanhando para mais conteúdos como esse!

Semente Negócios

Semente Negócios

A Semente é uma empresa de educação empreendedora que aposta na inovação como ferramenta para a geração de prosperidade, desenhando e executando projetos customizados em três frentes: Programas de Empreendedorismo e Aceleração; Projetos de Inovação Corporativa; e Programas de Desenvolvimento Territorial. Em 10 anos promovendo prosperidade por meio da inovação, a Semente já atuou no Brasil e outros nove países apoiando mais de duas mil empresas tais como Vale, Natura, Mercur, Sebrae, Senac, Vivo, BB Seguros, entre outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *